Blog Cisco Brasil

Blog Cisco Brasil > Setor Público

Série de blogs "Nuvem Para Governos Locais": Análise de Big Data Pela Nuvem Governamental

Por Peter Ford, Cisco Internet Business Solutions Group (IBSG)

Governos no mundo inteiro sabem da importância de uma infraestrutura nacional de TIC e a função que ela pode desempenhar no desenvolvimento econômico e social de um país.

No entanto, há uma nova tendência  no setor chamada de Big Data. Ela apresenta uma  oportunidade extraordinária aos governos para que eles ofereçam serviços direcionados especificamente aos cidadãos e empresas.

Três aspectos principais de Big Data já influenciam os governos ao redor do mundo:

  1. Volume: cada interação com uma entidade governamental cria registros digitais, tráfego de rede e necessidades de armazenamento. Espera-se que as taxas anuais compostas de crescimento de dados de consumidores e dados de negócios em nível global crescerão 36% e 22%, respectivamente, entre 2010 e 2015.
  2. Velocidade: os dados são coletados cada vez mais rápido. Um exemplo da nova velocidade de dados é a transição do governo do Reino Unido para relatórios de impostos em tempo real: os empregadores apresentam ganhos e informações de tributação mensalmente, em vez de anualmente.
  3. Variedade: além de documentos e formulários tradicionais, os governos agora precisam lidar com uma enxurrada de dados menos estruturados, como vídeos de segurança pública e sistemas de segurança, e com o feedback de mídia social. Os vários canais utilizados para a interação entre pessoas e governo  também criaram um desafio.

Não são os dados em si que criam oportunidades inovadoras para os governos, mas o potencial para análises e percepções em torno desse vasto conjunto de informações fornecido em diversos formatos. O Big Data poderia possibilitar aos governos a redução do deslocamento diário dos cidadãos, através do desenvolvimento de análise preditiva sobre fluxos e dados de tráfego reais que afetam a sinalização em tempo real. Ou talvez os governos poderiam ajudar na identificação rápida e controle de surtos de doenças: de gripe a doenças infecciosas ou contaminações alimentares.

Um exemplo seria um aplicativo online de uma empresa de mapeamento geoespacial, que aplicou a análise de tendência para ajudar as equipes de resgate durante as recentes inundações na Austrália a maximizar a relevância da divulgação de mídia social. Esse aplicativo da web mostra como a inteligência social terceirizada para um grupo de pessoas e oferecida pela Ushahidi possibilita que dados sociais de emergência sejam integrados na resposta a uma crise de maneira significativa. O aplicativo da web para inundações na Austrália inclui a possibilidade de alternar camadas do OpenStreetMap, imagens de satélite, topografia e filtro de acordo com a hora ou tipo de relatório. Ao adicionar dados sociais estruturados, o aplicativo da web oferece uma consciência notável sobre a situação, que supera os relatórios padrão, incluindo os locais de danos materiais, estradas afetadas, perigos, evacuações e quedas de energia.

Finalmente, uma melhor compreensão sobre a maneira como os serviços públicos são utilizados, com mapeamento de dados populacionais/demográficos, pode possibilitar um ecossistema de fornecimento de serviço muito mais eficiente e que reduz o desperdício.

Talvez o "aplicativo excepcional" para uma nuvem governamental seja a possibilidade de uma revolução de Big Data. Por sua natureza, as demandas computacionais e de armazenamento da maioria dos aplicativos com Big Data são voláteis e, portanto, bem adequadas para uma infraestrutura em nuvem, permitindo que vários departamentos governamentais compartilhem uma única plataforma escalável para análise. Além disso, é essencial unir dados em um formato comum e com uma visão única para liberar o potencial máximo; uma nuvem governamental pode cumprir o papel de uma "fusão de dados" para o setor público. Finalmente, a questão da confiança pode ser gerenciada através da criação de uma infraestrutura de nuvem privada segura.

Enquanto a visão de Big Data possa parecer um tanto difícil para alguns, a realidade é que já existem exemplos isolados de governos que reúnem dados de várias fontes para tomar decisões políticas. No entanto, a natureza de "silo" dessas soluções torna sua construção mais cara e sua manutenção mais difícil. Como resultado, os governos agora têm uma oportunidade ideal para colocar o Big Data no centro de suas discussões sobre nuvem governamental.

Fique ligado para ver os próximos artigos da série de blogs "Nuvem Para Governos Locais" ou clique aqui para inscrever-se e reservar seu exemplar da coletânea completa da série de blogs, incluindo este, bem como uma variedade de recursos sobre nuvem que estarão disponíveis a partir de maio.

Tags:, , , , ,


  1. Tecnologia da informação aliada à boas idéias facilitam e contribuem para uma vida melhor.